top of page

Uma Família Feliz | Algo errado no paraíso

Por Jéssica Castro


Para os admiradores do cinema brasileiro que também apreciam um bom suspense, Uma Família Feliz oferece trama com reviravoltas inimagináveis. Raphael Montes, coautor de Bom Dia, Verônica (em parceria com Ilana Casoy), criou o argumento e escreveu o roteiro, além de contribuir como assistente de direção. A mesma inspiração deu origem ao livro homônimo, lançado em março deste ano pela Companhia das Letras. 


Já a direção ficou por conta de José Eduardo Belmonte, um cineasta e roteirista reconhecido por sua versatilidade, e que já se aventurou por diversos gêneros cinematográficos. Sua carreira é marcada por filmes elogiados pela crítica como Concepção (2005) e Se Nada Mais Der Certo (2008), além de trabalhos de sucesso realizados para a TV. Uma Família Feliz, 15º longa-metragem de Belmonte, estreou no Festival de Gramado e foi exibido na Mostra Internacional de São Paulo. O filme mergulha nas tensões do convívio de uma família aparentemente perfeita. 


Logo nas primeiras cenas, vemos uma situação perturbadora na qual uma mulher dirige em alta velocidade, com uma garotinha desesperada no banco do passageiro, ação que resulta em um trágico acidente. Após esse início eletrizante, acompanhamos a jornada de Eva (Grazi Massafera), a motorista da sequência relatada, e Vicente (Reynaldo Gianecchini), marido dela. Eles representam a personificação da felicidade familiar, com crianças exemplares e uma casa impecável. Eva, que ainda está lidando com as tumultuadas emoções pós-parto de seu filho, assume também o desafiador papel de madrasta para as filhas gêmeas de Vicente, que ele teve com a primeira esposa, que faleceu. 


No entanto, por trás da fachada reluzente, surge uma realidade sombria. O conflito se desenrola quando uma das meninas, que enfrenta um tratamento médico rigoroso, revela sinais de abuso físico – o mesmo ocorre com o bebê. Não demora muito para que todas as suspeitas recaiam sobre Eva, que se vê obrigada a provar inocência. A história mergulha em debates sobre a cultura contemporânea de cancelamento, desafios emocionais da maternidade e a pressão para atender às expectativas sociais. 


Conforme os eventos se desdobram, questões profundas sobre confiança, culpa e as complexidades das relações familiares começam a surgir, nos desafiando a questionar nossas percepções sobre o que é verdadeiro e o que é apenas uma ilusão cuidadosamente construída. Uma Família Feliz merece destaque não apenas por sua narrativa envolvente de suspense, mas também por ser um raro exemplar de filme nacional nesse gênero. No final, o surpreendente desfecho ainda nos instiga a refletir sobre que atitudes teríamos diante daqueles acontecimentos tão sinistros. Essa experiência imperdível chega aos cinemas brasileiros em 4 de abril.


Confira o trailer




Uma Família Feliz | Estreia 04.04.2024 | Dir. José Eduardo Belmonte | Brasil | Suspense/Drama | 108 min. 

Comments


bottom of page