top of page

Rodeo: Um passeio por estradas hostis

Por Kelly Alves


Rodeo nos mergulhará em um ambiente inflamável, hostil e implacável que, a qualquer momento, poderá incendiar-se.


Acompanharemos Julia, uma jovem à margem da sociedade que sobrevive aplicando golpes e roubando. Apaixonada por motocicletas, ela mesma diz que nasceu com uma “moto entre as pernas”, estando além dos papéis binários de gênero. Seu combustível é rasgar as estradas, sem destino, com uma moto roubada, sentindo a liberdade. E é só isso o que importa para ela. Em um dia de verão na França, Julia encontra um grupo de motociclistas em um rodeio urbano (prática ilegal em que os participantes dirigem na maior velocidade possível, fazendo acrobacias e exibindo suas motos). Admirada, ela os observa enquanto empinam a moto, equilibrando-a apenas em uma roda, com muita elegância. Julia não para por aí e se infiltra nesse grupo clandestino de motociclistas extremamente masculinos e sexistas. Para provar seu valor no grupo, ela precisará apresentar suas habilidades em aplicar golpes e roubar.


Para Julia, sobreviver neste ambiente cruel não será fácil, enquanto forasteira e desajustada, e o que moverá a personagem será a fúria e o combustível. Ela transmite o cheiro de gasolina e a efervescência de um espírito rebelde que anseia liberdade, lembrando até mesmo uma figura de alguma saga clássica de faroeste, sem raízes e solitária. Interpretada por Julie Ledru, que faz sua estreia com uma atuação áspera, dando à personagem uma arrogância despreocupada, seremos transportados para o seu mundo desconhecido e selvagem.


O elenco do filme é composto principalmente por não profissionais, que contribuem para o seu maior realismo, pontuado também pelo uso de dublês chefiados pelo especialista Mathieu Lardot, que trabalhou na franquia Bourne e até mesmo em Missão: Impossível.

O filme possui excelentes cenas de ação, e o impressionante trabalho de câmera capta momentos que evocam a sensação de liberdade e adrenalina que o motociclismo cria, além de transmitir o perigo e estresse constantes nos momentos de desafio.


A roteirista e diretora Lola Quivoron passou anos conhecendo uma comunidade clandestina de motociclistas ao norte de Paris e sua experiência contribuiu para uma compreensão da realidade de uma parte desses grupos. Nessa mesma linha, ela já fez um curta-metragem, Au Loin, Baltimore (2016), e agora estreia com o longa Rodeo, vencedor do prêmio Coup de Coeur na mostra Un Certain Regard do Festival de Cannes 2022.


Esse será um passeio pelas estradas hostis de um subúrbio na França, que é vagado por um espírito de uma fúria jovem. Com estreia no dia 04 de maio, o filme nos manterá atentos para qualquer sinal de fagulha, pois combustível é o que não falta nele.


Confira o trailer




Rodeo | Estreia 04.05.2023 | Dir. Lola Quivoron França | Drama 105 min.

Opmerkingen


bottom of page