top of page

Jardim dos Desejos | Entre rosas e ervas daninhas

Por Rebecca Rocatto


Após ser exibido no 79º Festival Internacional de Cinema de Veneza, chega aos cinemas brasileiros Jardim dos Desejos, o novo filme do cineasta americano Paul Schrader (roteirista de Taxi Driver, clássico de Scorsese, e diretor de Gigolô Americano, lançado em 1980). 

O australiano Joel Edgerton é o protagonista no papel de Narvel Roth, um horticultor que cuida dos Jardins Gracewood, cuja proprietária é a viúva Norma Haverhill (Sigourney Weaver), e o que não faltam a ela são agrados – da parte de Narvel – para que a convivência deles jamais seja desmoralizada.


Assim como em Fé Corrompida e O Contador de Cartas, neste Jardim dos Desejos, mais uma vez, Schrader nos traz uma das características mais marcantes em suas obras: o olhar intrínseco sobre o exílio do homem. Aqui, a provocação está na forma com que a moralidade é colocada em risco diante de costumes soberanos e radicais. 


Porém, a hegemonia em que Narvel se encontra instalado, ao longo de sua vida, é abalada com a chegada de Maya (Quintessa Swindell), sobrinha de Norma, que é apresentada ao horticultor com uma missão: treiná-la no ofício da jardinagem. No entanto, à medida que a relação entre os dois se intensifica, encontramos o grande desconforto da história: o que antes dava estabilidade à união entre Narvel e Norma, se transforma naquilo que poderá destruí-los, aos poucos, dentro e fora de suas ambições mais miseráveis.


Se você sabe o que significa estar “entre a cruz e a espada”, podemos dizer que Schrader nos coloca entre “o desejo e a culpa”, enquanto transita pelos espaços de renúncia dos personagens. A mulher rica e sagaz, que lança olhares de superioridade sobre aqueles que lhe desagradam, é a mesma cujo poder escorre lentamente pelos dedos.  O homem que, por trás da tinta em sua pele e das mãos feitas para cuidar de um jardim repleto de segredos, esconde um passado que ainda bate à sua porta e confronta a própria solidão com um novo sentimento: o amor. E a garota audaciosa que se esgueira por suas convicções e se encontra dentro de um romance, em um cenário obscuro para quem a observa de perto.  


Por fim, somos carregados pelo extenso jardim que cruza três vidas distintas, que anseiam fazer de suas escolhas o poder supremo de suas origens. Com roteiro assinado pelo próprio Paul Schrader, Jardim dos Desejos estreia nos cinemas em 06 de junho.


Confira o trailer




Jardim dos Desejos | Estreia 06.06.2024 | Dir. Paul Schrader | EUA | 111 min | Suspense/Drama

bottom of page